Página Inicial

Liga Futsal: Jaraguá luta muito, mas leva virada do Sorocaba e perde invencibilidade na LNF


 

O desafio era muito complicado. Enfrentar uma das equipes mais qualificadas do futsal brasileiro e, sobretudo, com seis desfalques importantes no elenco deixaram o Jaraguá Futsal com uma missão árdua para manter a invencibilidade na Liga Nacional, diante do Sorocaba, na manhã deste domingo (15).

 

Com tantos problemas, o time jaraguaense compensou as baixas com muita luta e disposição em quadra, e até surpreendeu os donos da casa no primeiro tempo ao abrir dois gols de vantagem. Mas o aurinegro não conseguiu segurar a força da equipe paulista na etapa final e acabou sendo superado por 5 a 2, na Arena Sorocaba.

 

Os alas Pett e Oitomeia colocaram o Jaraguá na frente, mas Rocha diminuiu para os sorocabanos ainda no primeiro tempo. Já na segunda metade da partida, Arthur (2x), Marcel e Rodrigo decretaram a vitória dos mandantes. “Foram detalhes que definiram a partida. Perdemos peças importantes durante a semana e todos que jogaram foram bem. Pecamos nas bolas paradas, mas estamos no caminho certo e na vice-liderança da Liga Nacional”, disse o ala Yuri.

 

Lance do jogo I Foto: Guilherme Mansueto/Magnus Futsal

Lance do jogo I Foto: Guilherme Mansueto/Magnus Futsal

 

Com o resultado, o Sorocaba subiu para dez pontos e tomou a liderança da equipe jaraguaense, que sofreu o primeiro revés após três vitórias consecutivas na competição. Com nove pontos, o aurinegro agora ocupa o segundo lugar, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Atlântico Erechim, que tem sete e joga nesta segunda-feira (16), contra o Corinthians, fora de casa.

 

O próximo compromisso do Jaraguá na Liga Nacional acontece no dia 28 de abril, quando encara a Assoeva, em Venâncio Aires (RS). Antes, porém, volta a atuar pelo Campeonato Catarinense da Divisão Especial, diante do Joaçaba, no dia 23 de abril, na Arena. O Sorocaba, por sua vez, foca todas as suas atenções para a disputa da Libertadores da América, que inicia no dia 22, na cidade de Carlos Barbosa (RS).

 

O jogo

 

Mesmo com seis desfalques por lesão, entre eles peças fundamentais no elenco, como os alas Marcio, fixo/ala Vitor Hugo e pivôs Daniel e Poletto, o Jaraguá jogou de igual para igual com o forte do time do Sorocaba. Isso ficou a prova principalmente no primeiro tempo, quando o aurinegro surpreendeu os donos da casa ao abrir 2 a 0.

 

Aos 6 minutos, Oitomeia fez grande jogada pela ala direita, passou por dois marcadores e tocou para Pett na grande área, que teve calma para driblar Tiago e colocar no fundo das redes. Dois minutos depois, foi a vez de Diego Menezes fazer a diferença individualmente. Após dar uma linda caneta em Sacon, o camisa 10 cruzou rasteiro para Oitomeia que se antecipou a marcação e aumentou a vantagem.

 

A equipe mandante conseguiu reagir, aos 11, quando Rocha recebeu lançamento de Tiago, driblou Rômulo e chutou no ângulo esquerdo, sem chances para João Neto. O gol animou os comandados de Ricardinho que partiram para cima em busca do empate, criando boas oportunidades para isso, mas não contavam com um paredão chamado João Neto, que salvou o time jaraguaense com grandes defesas.

 

Já no segundo tempo, o Jaraguá voltou um pouco desligado e o Sorocaba aproveitou para construir a vitória. Letal, o time da casa conseguiu a virada com três gols consecutivos de bola parada. Dois deles saíram em menos de dois minutos, sendo o primeiro de Arthur que recebeu passe de Marcel, em cobrança de escanteio, e finalizou forte cruzado no canto direito, e o segundo com Marcel, que acertou uma bomba no alto após cobrança de falta de Rodrigo.

 

O último gol de bola parada surgiu aos 11, com o próprio Rodrigo, que cobrou falta por fora da barreira e tirou do alcance de João Neto para fazer o quarto. Faltando quatro minutos para o fim, o técnico Fernando Ferretti foi para o tudo ou nada e colocou Yuri, como goleiro-linha. Mas quem acabou marcando foi o Sorocaba. Nos segundos finais, Arthur recuperou uma bola perdida no ataque do aurinegro e chutou da própria defesa para marcar o seu segundo tento e decretar o placar de 5 a 2.

 

Fonte: Lucas Pavin - Agência Avante



Voltar
Copyright © 2008-2014. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela FVSOLUÇÕES